Sitemap

O que é uma vacina?

Uma vacina é um medicamento que ajuda a proteger as pessoas de doenças.As vacinas são feitas a partir de pedaços do vírus ou da bactéria que causam a doença e ajudam seu corpo a aprender a combater a doença.Quando você é vacinado, seu sistema imunológico é ensinado a reconhecer e combater essas doenças. Existem muitas vacinas diferentes disponíveis, incluindo aquelas para câncer, gripe, sarampo, caxumba, rubéola (sarampo alemão), catapora, herpes HPV (papilomavírus humano) e infecções pneumocócicas. A maioria das vacinas é administrada em um consultório médico ou clínica por um profissional de saúde.Algumas vacinas também podem ser administradas como parte de programas de imunização escolar. Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) recomendam que as crianças recebam pelo menos uma dose de cada vacina recomendada para sua faixa etária antes de entrar na escola.Crianças que não podem receber certas vacinas devido a condições médicas ainda podem receber outras doses de vacinas recomendadas durante a infância até a idade adulta se tiverem contato próximo com pessoas que foram vacinadas contra doenças específicas. tomada?“Uma vacina é uma injeção feita de pedaços de vírus ou bactérias que causam doenças para que seu corpo possa aprender a combatê-las naturalmente sem adoecer.” Uma injeção é apenas uma injeção no músculo”, explica o Dr.Jennifer Ludden, pediatra do CHOP "Não contém vírus ou bactérias vivas." Quais são alguns benefícios de se vacinar?Alguns benefícios de se vacinar incluem: reduzir o risco de adoecer de uma determinada doença; proteger outras pessoas ao seu redor que possam ser vulneráveis ​​a doenças; ajudar a fortalecer seu sistema imunológico para que você tenha menos probabilidade de ficar doente no futuro; fornecer alívio para as pessoas que ficam doentes; potencialmente salvando vidas." Por que precisamos de mais vacinas?O mundo tornou-se cada vez mais conectado por meio de viagens e comércio, o que permitiu que mais pessoas entrassem em contato com doenças infecciosas do que nunca. "Agora sabemos mais sobre quais vírus causam quais doenças", diz o Dr.Ludden. "Esse conhecimento nos permite criar vacinas melhores - aquelas que funcionarão melhor contra novas cepas de vírus - do que nunca." "Também sabemos que algumas pessoas - especialmente crianças pequenas e mulheres grávidas - são mais propensas do que outras a desenvolver complicações graves depois de ser infectada com certos vírus", acrescenta ela. "Vacinando-os no início da vida, podemos reduzir suas chances de desenvolver problemas de saúde graves mais tarde.""Eu ainda posso ser vacinado se estiver grávida? t evidências ligando qualquer vacinação específica com resultados adversos da gravidez "Como posso descobrir se meu filho precisa de uma vacina específica?O médico do seu filho perguntará sobre quaisquer exposições recentes que você teve a doenças ou sintomas específicos associados a essas doenças, bem como se seu filho recebeu vacinas anteriores. "Você também pode verificar com os departamentos de saúde estaduais ou o site do CDC. Eles listam todas as imunizações infantis aprovadas pelos EUA atualmente disponíveis .") O que acontece se meu filho não receber todas as vacinas exigidas?Se seu filho não receber todas as vacinas exigidas, ele ainda poderá permanecer protegido contra algumas doenças recebendo imunidade de exposições anteriores.

O que há em uma vacina?

Uma vacina é uma preparação de vírus ou bactérias mortos ou enfraquecidos que é usada para proteger as pessoas de doenças.Os vírus ou bactérias de uma vacina são mortos, de modo que a pessoa que recebe a vacina não fica doente.As vacinas podem ser feitas de organismos vivos ou mortos.

Algumas vacinas são dadas como injeções (no braço), enquanto outras são colocadas na comida da pessoa (como a poliomielite). Algumas vacinas estão disponíveis para crianças, adultos e animais de estimação.

Existem muitos tipos diferentes de vacinas e funcionam de forma diferente contra diferentes tipos de doenças.Por exemplo, algumas vacinas ajudam a prevenir infecções com certos tipos de vírus, enquanto outras ajudam a proteger as pessoas de contrair células cancerígenas infectadas por agentes causadores de câncer.

Os EUA.A Food and Drug Administration (FDA) regula todas as novas vacinas antes que possam ser vendidas nos Estados Unidos para garantir que sejam seguras e eficazes.Há também um registro nacional de imunização onde os médicos podem acompanhar quais crianças foram vacinadas para que os pais possam decidir se seu filho precisa tomar uma vacina específica quando ela estiver disponível novamente mais tarde na vida.

Como funcionam as vacinas?

Uma vacina é um medicamento que ajuda o corpo a construir imunidade a uma doença.As vacinas usadas nos Estados Unidos são feitas de vírus, bactérias ou outros organismos mortos ou enfraquecidos.As injeções ajudam seu corpo a criar imunidade a essas doenças, ensinando seu sistema imunológico a combatê-las.

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) recomendam que as crianças recebam duas doses da vacina contra sarampo-caxumba-rubéola (MMR) antes de começarem a escola.As crianças que não têm evidência de ter recebido ambas as doses são consideradas não vacinadas e podem estar em risco de contrair sarampo, caxumba e rubéola se viajarem para uma área onde essas doenças são comuns.

Algumas pessoas pensam que as vacinas causam autismo.Isso não é verdade.Não há evidências científicas que vinculem vacinas ao autismo.De fato, pesquisas mostraram que receber vacinas pode ajudar a proteger as crianças de sérios problemas de saúde, incluindo pneumonia, meningite e até mesmo a morte por algumas doenças infantis.

Por que as vacinas são importantes?

As vacinas são importantes porque ajudam a proteger as pessoas de doenças.As vacinas funcionam “treinando” o sistema imunológico do corpo para combater uma doença específica.Quando uma pessoa é vacinada, seu sistema imunológico é exposto a pequenos pedaços do vírus ou bactérias que causam a doença.O sistema imunológico aprende a combater esse tipo de infecção e pode construir imunidade contra ela ao longo do tempo.Essa proteção pode durar anos, mesmo que você nunca mais fique doente da doença.

Existem muitas vacinas diferentes disponíveis hoje, incluindo aquelas para doenças como poliomielite, sarampo, caxumba e rubéola (sarampo alemão). Algumas vacinas são administradas como parte das vacinas infantis de rotina, enquanto outras podem ser recomendadas apenas se você estiver em risco de desenvolver uma doença específica.É importante conversar com seu médico sobre quais vacinas podem ser melhores para você e sua família.

Os benefícios da vacinação vão além da simples prevenção de doenças; indivíduos vacinados também ajudam a reduzir o número de casos de doenças evitáveis ​​por vacina nas comunidades, ajudando a criar “imunidade de rebanho” – quando um número suficiente de pessoas em uma população foi vacinado contra uma determinada doença, torna-se menos provável que um indivíduo seja infectado porque não há oportunidade para eles espalharem a infecção para outras pessoas.A imunidade de rebanho ajuda a proteger membros vulneráveis ​​da sociedade – como crianças pequenas que não podem ser imunizadas ou mulheres grávidas – de sérias complicações de saúde causadas por infecções evitáveis ​​por vacina.

Então, por que precisamos de mais vacinas?Infelizmente, nem todos os vírus e bactérias foram completamente eliminados do nosso mundo e novas cepas continuam a surgir a cada ano.Para acompanhar essas ameaças em evolução e manter altos níveis de cobertura vacinal entre as populações, é necessária uma pesquisa contínua para criar novas vacinas e melhorar as existentes.

Que doenças as vacinas podem prevenir?

Existem mais de 30 doenças que podem ser prevenidas por vacinas.

Existem efeitos colaterais das vacinas?

Existem potenciais efeitos colaterais das vacinas, mas são muito raros.O efeito colateral mais comum é a febre, que geralmente dura cerca de um dia.Outros efeitos colaterais podem incluir dor no local da injeção, vermelhidão e inchaço.Algumas pessoas também podem ter convulsões ou problemas com o sistema imunológico depois de receber uma vacina.No entanto, esses efeitos colaterais são geralmente leves e geralmente desaparecem em poucos dias.Se você tiver alguma dúvida sobre os possíveis efeitos colaterais de uma vacina específica, converse com seu médico.

Quem deve receber as vacinas?

Não há uma resposta única para essa pergunta, pois a decisão de quem deve receber uma vacina depende de uma variedade de fatores específicos de cada indivíduo.No entanto, algumas diretrizes gerais que podem ser úteis ao tomar essa decisão incluem:

- Qualquer pessoa com idade igual ou superior a 1 ano deve receber pelo menos três doses da vacina contra sarampo, caxumba e rubéola (MMR);

- Crianças de 6 meses a 11 anos devem receber duas doses da vacina MMR;

- Crianças de 12 a 18 anos devem receber uma dose da vacina MMR;

- Mulheres grávidas ou planejando engravidar devem receber uma série de quatro doses da vacina contra o HPV (papilomavírus humano) a partir das 26 semanas de gestação; e

- Pessoas com certas condições médicas, como asma, diabetes mellitus, deficiências do sistema imunológico ou tratamento de câncer provavelmente se beneficiarão de vacinas adicionais.Consulte um profissional de saúde para obter mais informações sobre quais vacinas são recomendadas para um indivíduo.

Quando as pessoas devem ser vacinadas?

Não há uma resposta para essa pergunta, pois a avaliação de risco para vacinas de todos será diferente.No entanto, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) recomendam que pessoas com 11 anos ou mais recebam uma série de vacinas, incluindo: difteria, tétano, coqueluche (coqueluche), poliomielite, sarampo, caxumba, rubéola (sarampo alemão) e varicela (catapora). As mulheres grávidas também devem receber uma série de vacinas, incluindo: hepatite A, B e C; papilomavírus humano; e gripe.O CDC também recomenda que adultos de 18 a 49 anos recebam uma vacina contra a gripe todos os anos.Algumas pessoas podem optar por se vacinar com base em suas preocupações específicas de saúde ou com base nas recomendações de seu médico.

Onde posso me vacinar?

Há muitos lugares onde você pode se vacinar.Alguns lugares oferecem vacinas gratuitas para pessoas que atendem a certos requisitos de elegibilidade, como ser morador da área ou ter um plano de saúde que cubra as vacinas.Você também pode encontrar clínicas e hospitais que oferecem vacinas gratuitas ou com desconto.Você também pode perguntar ao seu médico se existe uma vacina disponível específica para suas necessidades.

Quanto custam as vacinas?

O custo das vacinas varia dependendo da vacina e de onde ela é comprada.Os tipos mais comuns de vacinas, como as de sarampo, caxumba e rubéola (MMR), podem custar entre US$ 0,50 e US$ 2 por dose.Algumas vacinas especiais, como as do HPV, podem custar até US$ 100 por dose.Os planos de seguro podem cobrir parte ou todo o custo das vacinas.Algumas pessoas também recebem vacinas gratuitas ou com desconto por meio de programas como o Programa de Assistência a Vacinas (PAV).

O governo está fazendo alguma coisa para promover a vacinação?

O governo tem uma série de políticas em vigor para promover a vacinação.Isso inclui financiamento para pesquisa de novas vacinas, fornecimento de vacinas gratuitas ou com desconto para famílias de baixa renda e promoção da vacinação por meio de campanhas de saúde pública.O governo também incentiva as pessoas a se vacinarem oferecendo incentivos fiscais e outros incentivos financeiros.No geral, o governo está fazendo muito para promover a vacinação.

Quais são os benefícios de vacinar meu filho federalmente?

Os benefícios de vacinar seu filho federalmente incluem o seguinte:

-Seu filho terá maior probabilidade de receber uma vacina eficaz contra a doença.

-Você terá acesso às vacinas através do Programa Nacional de Vacinas (NVP).

-Não há nenhum custo para você participar do NVP.

-Se seu filho não receber todas as vacinas exigidas, o NVP pode fornecer assistência financeira para ajudar a cobrir os custos.

O que acontece se eu não vacinar meu filho federalmente?

Se você não vacinar seu filho federalmente, ele pode não estar totalmente protegido de algumas doenças.Se o seu filho não for vacinado e ficar doente com uma doença, ele pode precisar ir ao hospital.Crianças não vacinadas também podem transmitir doenças para outras pessoas, o que pode causar sérios problemas de saúde.Algumas das doenças que as crianças podem contrair se não forem vacinadas incluem sarampo, caxumba, rubéola (sarampo alemão), poliomielite e varicela.Se o seu filho não tiver nenhuma dessas vacinas ou tiver tomado apenas uma dose de cada vacina, ele ainda corre o risco de contrair essas doenças e pode acabar no hospital.Converse com seu pediatra sobre quais vacinas são recomendadas para seu filho e quando ele deve tomá-las.

conteúdo quente